Mídia coreana comemora indicações ao Oscar por ‘Parasite’

A grande mídia coreana deu um lugar de destaque para as seis indicações ao Oscar do seu filme “Parasite”, de Bong Joon-ho. A sátira sombria foi indicada em diversas categorias, incluindo melhor filme internacional, melhor roteiro e melhor filme.

As edições digitais do jornal “The Korea Herald” transformaram “Parasite” em sua primeira página. Sendo que, a matéria foi acompanhada por uma foto de Bong recebendo o prêmio de Globo de Ouro.

O texto foi fornecido pela agência de notícias oficial Yonhap, que chamou o filme de “sensação”. Diante disso, Yonhap observou com alegria que o filme faturou US $ 24 milhões nas bilheterias norte-americanas – “o filme legendado mais popular do ano”.

O Korea Times também usou o material da Yonhap, contudo acrescentou: “É a primeira vez que um filme produzido na Coréia do Sul faz parte da lista final de indicados ao Oscar”.

Desde uma explosão de criatividade na tela em meados da década de 90 e o lançamento do Festival de Cinema de Busan em 1996, a Coréia do Sul tem sido uma das forças mais influentes do cinema mundial. Os filmes e diretores coreanos coletaram inúmeros prêmios do festival desde o início do século XXI e os filmes, TV e música coreanas se tornaram forças comerciais dominantes na Ásia e em outros lugares.

No entanto, até segunda-feira, nenhum filme coreano havia sido indicado ao Oscar. “Burning”, de Lee Chang-dong, foi incluído na longa lista de 2018, mas para o desespero de muitos críticos estadunidenses, não foi muito longe. Contudo, “Parasite” veio para mudar a história do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *